sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

31/12/2010



Pai 2010 esta quase terminando! Hoje eu não vim pedir. Hoje eu só quero agradecer.
Obrigada pelo teu amor, obrigada pela certeza da salvação. Pelo teu abraço em noites de solidão, pelo teu colo enquanto lágrimas escorriam em minha face. Ah Pai, obrigada por todas as pessoas que o Senhor colocou no meu caminho quando eu mais precisei. Por todos os abraços que somente Tu sabias que eu precisava e fez questão de enviar pessoas com o calor do teu amor pra me aquecer. Quantas palavras, quantas providências. O senhor me moldou, eu tão pequena, tão frágil com tanto medo. Mas o Senhor me pegou pela mão e me ensinou o caminho que eu deveria seguir. Meu coração se enche de gratidão. Obrigada por se fazer presente na minha vida. Que eu possa contemplar à tua face. Teu AMOR nos transforma no melhor que podemos ser.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010



Vejo que as mensagens nas garrafas que joguei ao mar não encontraram o menino. O destino faz isso. Às vezes nos manda para ilhas muito longínquas, separados, para que nos esqueçamos quem fomos e o que poderíamos ter sido. Talvez o refluxo das ondas as tenha levado para o fundo, onde algum tubarão martelo esteja tentando quebrá-las para ver o que há dentro. Ou talvez elas tenham se arrebentado nas pontas das pedras e seus cacos rebrilhem em alguma passarela aberta entre o céu e o mar. Estou muito cansada. Corri até onde o oceano começa e a terra acaba. E quando parei, o tempo transformou tudo em areia e a água apagou as pegadas dos que me eram caros. Exceto por mim, ninguém reparou nisso que chamam de destino. E quanto às garrafas, bem, eram apenas garrafas. E as memórias mergulharam com elas para devolver o que eu nunca soube dar. Talvez o que eu pensava ter sentido, nem esteja mais lá. Águas passadas. E a felicidade nada tem a ver com isso. Se olhar em volta, há poucas razões para sentí-la, mas para buscá-la o número é infinito. (Pipa)

domingo, 26 de dezembro de 2010

"Duvide até da verdade, mas confie no meu amor" - Shakespeare


A chuva escorria, olhei as suas gotas que dancavam diante dos meus olhos. Chove em minhas lagrimas, faz frio e o adeus escorreu nas gotas da chuva! Volta logo minha menina!(Sueli Silveira)

sábado, 25 de dezembro de 2010

Tire as suas sandálias

Conta a Bíblia que virando-se Moisés para Deus, Este lhe disse: - tire as suas sandálias, pois o lugar em que você está é terra santa.

E eu me pergunto de que maneira estamos entrando no período em que o Salvador do mundo fez-se homem entre os homens.

Natal deve ser um período santo, pois relembramos que o Filho do Homem veio ao mundo para dar ao mundo a chave da reconciliação com tudo o que é santo e sagrado.

Neste natal tire as sandálias da indiferença, o pó das velhas mágoas, as nódoas das tristezas, a perturbação das incertezas.

Acolha o perdão no seu coração e distribua com quem precisa dele. Perfume-se de ternura e alimente sua alma dos mais gostosos frutos do espírito:

amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. São esses os presentes que Jesus nos deixou.

Deus não solicita presentes, mas deseja nossa presença e que estejamos inteiros e felizes, em paz com o mundo e com Ele.

Pois então, nesse Natal, tire as suas sandálias, pois o período que você entra é período santo e é somente santificando-nos que podemos ter um real encontro com o Filho de Deus.
© Letícia Thompson

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

O coração continua a doer
Só vai sarar quando se reencontrarem


Agora é só esperar...

sábado, 18 de dezembro de 2010

Aquietai-vos, e sabei que Eu sou Deus.
Conheço teu medo,
a tua felicidade e os teus sonhos.
Conheço tua estrada
e sei exatamente o teu destino.

Conheço-te por dentro...
E sem que tu tenhas que me pedir,
eu entendo o que tu queres.

Conheço o teu sorriso,
e sei tudo que está dentro do teu coração.
Conheço e te reconheço em qualquer lugar...

Sei do teu amor, da tua saudade,
dos sonhos que movimentam a tua vida
e da esperança que te faz lutar.
Amo-te pelo que tu és, e
para mim, és um ser valioso.

Amo-te, mesmo quando perdes
a confiança em Mim.

Amo-te, mesmo sem saberes...
Acompanho-te desde sempre!
Estou ao teu lado
mesmo quando pensas que Te abandonei...

Vibro em cada minuto da tua felicidade.
Choro com cada lágrima tua.
Sofro com toda a tua dor,
e Te estendo as mãos a todo o momento,
embora muitas vezes teimes em não Me pedires ajuda,
mesmo assim, continuo a te proteger...

Conheço-te
e sei que és muito especial,
como é especial cada filho Meu,
mas cada um com as suas diferenças,
ainda assim o meu Amor é incondicional,
e ele é o maior Amor do mundo


Conheço-te,
porque eu te criei...
“Aquietai-vos, e sabei que Eu sou Deus." [Salmo 46-10]

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

...fiquei pra morrer, até que decidi que precisava ser uma mulher melhor para ele. Quem sabe eu ficando mais bonita, mais equilibrada ou mais inteligente, ele não volta pra mim?
O tempo passou, eu continuei acordando e indo dormir todos os dias querendo ser mais feliz para ele, mais bonita para ele, mais mulher para ele.
Até que algo sensacional aconteceu...
Um belo dia eu acordei tão bonita, tão feliz, tão realizada, tão mulher, que eu acabei me tornando mulher DEMAIS para ele. Ele quem mesmo???
(Martha Medeiros)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O Natal já chegou e eu nem vi o ano passar. Alias , passou rápido demais. Para algumas pessoas ele demorou para terminar, mas para alguns o tempo parou...Pq o amor deixa tudo colorido papai Noel? Qual o motivo de tanta felicidade?

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

...Descobre que se leva anos para se construir confiança
e apenas segundos para destruí-la,
e que você pode fazer coisas em um instante,
das quais se arrependerá pelo resto da vida.
(William Shakespeare)

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Quanto à mim, tenho que lhes dizer que as estrelas são os olhos de Deus vigiando para que tudo corra bem.
Para sempre.
E, como se sabe,sempre NÃO ACABA NUNCA.

(Clarice Lispector)

domingo, 12 de dezembro de 2010

Se eu soubesse que essa seria a última vez que eu veria você dormir, eu aconchegaria você mais apertado, e rogaria ao Senhor que protegesse você.

Se eu soubesse que essa seria a última vez que veria você sair pela porta, eu abraçaria, beijaria você, e chamaria você de volta, para abraçar e beijar uma vez mais.

Se eu soubesse que essa seria a última vez que ouviria sua voz em oração, eu filmaria cada gesto, cada palavra sua, para que eu pudesse ver e ouvir de novo, dia após dia.

Se eu soubesse que essa seria a última vez...eu gastaria um minuto extra ou dois, para parar e dizer: "EU TE AMO", ao invés de assumir que você já sabe disso.

Se eu soubesse que essa seria a última vez...eu estaria ao seu lado, partilhando do seu dia, ao invés de pensar:
"Bem, eu tenho certeza que outras oportunidades virão, então eu posso deixar passar esse dia". É claro que haverá um amanhã para se fazer uma revisão, e nós teremos uma segunda chance para fazer as coisas da maneira correta.

"É claro" que haverá um outro dia para dizermos um ao outro: "EU TE AMO", e certamente haverá uma nova chance de dizermos um para o outro:
"Posso te ajudar em alguma coisa?"

Mas no caso de eu estar errado, e hoje ser o último dia que temos, eu gostaria de dizer o que já disse tantas vezes, e espero que nunca nos esqueçamos disso.
(por C.A)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Dia começa difícil.... mas há Um amor que venceu para que estivessemos aqui! Vou vencer por esse amor!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Mahatma Gandhi

Eu creio em mim mesmo. Creio nos que trabalham comigo, creio nos meus amigos e creio na minha família. Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos. Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito. Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe. Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cautelosa quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto. Não diminuirei meu trabalho por ver que os outros o fazem. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesma triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz. Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.

sábado, 4 de dezembro de 2010


Um cachorro não precisa de carrões, de casas grandes ou de roupas de marca, um graveto é ótimo para ele.
Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro.
Dê seu coração para ele e ele lhe dará o dele.
De quantas pessoas você pode falar isso?

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010


... uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteira, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, espararei quanto tempo for preciso.

Clarice Lispector

terça-feira, 30 de novembro de 2010


Guarde uma foto ou duas,um perfume,algo assim
Jogue fora o resto pra não se lembrar mais de mim
Com o tempo as coisas voltam à rotina normal
Só uma coisa nunca mais vai mudar
Quem ama uma vez,não deixa de amar

Te prometo,daqui vinte anos farei teu poema.
Em P.S. não esqueça guarde uma foto ou duas,um perfume,sei lá...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010


No silêncio de cinzas do meu Ser
Agita-se uma sombra de cipreste,
É uma sombra triste que ando a ler,
No livro cheio de mágoa que me deste!
Estranho livro aquele igual a mim!
Cheira a mortos a rir e a cantar…
É dum branco sinistro de jasmim.
Que só me dá vontade de chorar!
Parece que folheio toda a minh´alma!
O livro que me deste, em mim salma.
As orações que choro e rio e canto!
Poeta igual a mim, ai quem me dera
Dizer que tu dizes!
Quem soubera
Velar a minha Dor desse teu manto!
Florbela Espanca - Trocando olhares

quarta-feira, 17 de novembro de 2010


"Uma palavra ou um gesto, seu ou meu, seria suficiente para modificar nossos roteiros." (Caio F. Abreu)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010


Era tudo tão difícil, tão difícil, que, exausta, eu desisti.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010


Já não mais me desespero,quando diante de ti, faltam-me palavras ou versos.
Pois, nesta vida aprendi que não há verso mais bonito, e nem mais sentido, do que aquele que se cala. Qual amor que arde no peito e não se declara...

(Marcelo Roque)

quarta-feira, 4 de agosto de 2010


Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite. Clarice Lispector

quinta-feira, 29 de julho de 2010


Me enchi de uma coragem que até então eu desconhecia, suportei, não tremi, não gelei, nada, absolutamente nada.
- Você não me ama mais?
Ele demorou, talvez mais do que eu pudesse ter suportado, era tempo de eu ter vivido e renascido centenas de vezes. Então por um momento, algo gelou, algo deu de voar para longe, e esse algo era uma espécie de esperança e medo, ainda não respondidos:
- Te amo, mas enfim que já é tão tarde...
Depois eu fui desmoronando, até entender que o amor era algo diferente de mim. Que o amor não tem a mesma urgência, que eu tenho de me sentir viva, ou de apenas sentir.
(Cáh Morandi)

quarta-feira, 28 de julho de 2010


Faço-me da atriz todos os dias quando levanto coloco aquela máscara com o melhor de meus sorrisos e faço que tudo são flores... Ilusão... Enquanto meu consciente faz que nada acontece meu inconsciente corroi e manda sinais de que as lágrimas guardadas em algum lugar aqui dentro estão enferrujando a armadura de dentro pra fora... Essa noite sonhei com você, eu me aconchegava no seu.. Sei que vou ficar bem, já passei por coisas piores, entretanto, parece que essa angústia não tem mais fim...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

.


Não quero apenas dizer

O quanto amo você

Quero vive-lo

Porque palavras não existem

Do tamanho

Da beleza

Da grandeza...

A gentileza

Do amor

Que se instalou

Bem pertinho

De nós dois...

sexta-feira, 16 de julho de 2010


Remexo dentro de mim. Nem sempre é fácil saber a parte de nós que ficou no caminho.

Sem orgulho, pedi socorro.

Toco... Faço a ferida arder.

Sentir a ferida é a maneira mais rápida de curá-la.

Nada em mim foi covarde, nem mesmo as desistências.

Desistir, ainda que não pareça, foi meu grande gesto de coragem.

terça-feira, 29 de junho de 2010

.


"E se não quisermos, não pudermos, não soubermos, com palavras, nos dizer um pouco um para o outro, senta ao meu lado assim mesmo. Deixa os nossos olhos se encontrarem vez ou outra até nascer aquele sorriso bom que acontece quando a vida da gente se sente olhada com amor. Senta apenas ao meu lado e deixa o meu silêncio conversar com o seu. Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras."

quarta-feira, 23 de junho de 2010


Lembro da vez que pressenti que nunca mais iria voltar. Eu estava em casa, era quase sete da noite e junho terminava. Lembro do dia e do ano, mas embora fosse uma segunda-feira quero lhe contar que foi em um domingo. Os domingos são os dias mais decisivos, mais solitários e mais delicados para se escrever. Então prefiro acreditar que foi embora em um domingo, fica mais bonito assim.
Eu tomava uma xícara de café debruçada na sacada , vendo as luzes da cidade se acenderem uma atrás das outras, prédio por prédio, casa por casa, carro por carro. Ele estava no sofá mudando os canais da tevê como quem não se prende a nada. Eu lhe falava das luzes que estavam acendendo, de como era bonito e melancólico aquele laranja que vai se dispersando com o fim do dia, dando vagarosamente espaço à noite. Até que tudo foi ficando tão escuro e o café tão frio, e não reconheci mais aquele homem na sala, nem aquela cidade e caminhei perdida até um espelho: eu também já não me reconhecia.

segunda-feira, 21 de junho de 2010


E assim seguimos a nossa estrada: eu e minha esperança. Com a bagagem cheia de nada e o coração transbordante de um quase tudo. Mas andei dois passos e achei grande demais esse mundo para andarmos sós. Então chamei a menina (aquela que certo dia eu fui), daí nós três demos nossas mãos e partimos...

Viver de Amor-Chico Buarque de Hollanda

Aprendi que o amor não tem laços com a desconfiança. Amor de pai, de mãe, de irmão, amor de sangue. Outros amores até podem ser, mas outros amores que são apenas afluentes do amor que nos é oferecido incondicionalmente assim que gritamos a primeira vez para o mundo. Ou ainda mais profundo e doloroso: amor que se tornará ainda maior, ainda mais obrigatório de se levar, se a lei da vida raptar alguns de nós na medida que o tempo se estende. Na vida e na morte o amor de sangue não se dispersa, não se confunde com outro sentimento, não ameniza, não diminui com as falhas e faltas de quem amamos. É o único amor que não exige absolutamente nada para acontecer: nós nascemos e já está ali, junto, forte, encantado.
Quando ele me viu pulou do caminhão ainda com o motor ligado com o rosto como se fosse sorriso enorme. Esse foi nosso primeiro encontro!
Liguei para você. Parece que foi em um piscar de olhos que vi sua moto vermelha quase que flutuando sobre a rua até o meu encontro. Agora eu podia chorar as dores da decepção, Não tinha mais medo, voce trouxe seu amor para me embalar, me deu coragem, forças para tentar outra vez. Logo voltamos para casa, sabia que nada mais me tiraria dos cuidadosos braços que você me estendia. Passei o resto da tarde debaixo dos lençois e inconformada por não ter passado no teste da balisa. Nunca soube nada do amor, dos seus poderes, da sua grandiosidade, da sua capacidade de perdoar. Talvez eu nunca venha a descobrir. A única coisa que sei, é que voce com seu grande amor sempre estava lá me acudindo, era só chamar. Não tenho medo de morrer, mas sim de ter partido sem reconhecer esse homem que amou demais.

sábado, 12 de junho de 2010


"Não falem de um homem que amou sensatamente,
falem de um homem que amou demais"
William Shakespeare

quarta-feira, 9 de junho de 2010


Rasga esses versos que eu te fiz, amor!
Deita-os ao nada, ao pó, ao esquecimento,
Que a cinza os cubra, que os arraste o vento,
Que a tempestade os leve aonde for!

Rasga-os na mente, se os souberes de cor,
Que volte ao nada o nada de um momento!
Julguei-me grande pelo sentimento,
E pelo orgulho ainda sou maior!...

Tanto verso já disse o que eu sonhei!
Tantos penaram já o que eu penei!
Asas que passam, todo o mundo as sente...

Rasgas os meus versos... Pobre endoidecida!

Como se um grande amor cá nesta vida
Não fosse o mesmo amor de toda a gente!...

Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas"

segunda-feira, 24 de maio de 2010


É muito triste que nossas intenções sejam sempre contrariadas. Você me compreende, meu amor?

quinta-feira, 20 de maio de 2010


Amor, não lute para sair de mim,

Para eliminar-me da tua mente.

Só eu sei o que o meu coração sente!

— Tu és o meu Sol, o meu tudo, enfim!...

Hoje, a ausência é um mal necessário...

Serei algum dia a tua salvação;

Teu nome d´ouro, no meu dicionário,

de mansinho, faz brilhar meu coração.

Teu pulso, desordenadamente,

Não se preocupa com o tempo que é vão;

Assim estarei sempre em tua mente,

Seguirei teus passos na escuridão

(Machado de Carlos)

segunda-feira, 17 de maio de 2010


As flores que trago hoje
Colhi ao longo do caminho
Algumas vieram de minhas lágrimas
Outras o vento as trouxe sorrindo

Receba-as com alegria
Pois nem uma, com o tempo se perderá
Serão para ti muito mais que um carinho
Perfumei-as com amor antes de lhes entregar

Saiba... Tudo que vivi e senti
Nenhum caminho foi inútil ou em vão
Em todos os momentos, circunstâncias
Plantaram flores em meu coração

Hoje sigo caminho, muito mais serena
Muito mais plena
Levo comigo apenas uma certeza
O melhor de Deus ainda está por vir!
(Arnalda Rabelo)

domingo, 2 de maio de 2010


Você tampa a panela, dobra o avental, deixa a lágrima secar no arame do varal. Fecha a agenda, adia o problema, atrasa a encomenda, guarda insucessos no fundo da gaveta. A idéia é tirar a tarja preta e pôr o dedo onde se tem medo. Você vai perceber que a gente é que faz o monstro crescer. Em seguida superar o obstáculo, pois pode-se estar perdendo um espetáculo acontecendo do outro lado. Atravessar o escuro até conseguir tatear o muro, que é o limite da claridade. Se tiver capacidade para conquistá-la, tente retê-la o mais que puder. Há que ter habilidade, sem esquecerque a luz é mulher. Do inferno assim desmascarado, é hora de voltar. Não importa se é caminho complicado, se a curva é reta, ou se a reta entorta. Você buscou seu brilho, voltou completa; jogou a tranca fora, abriu a porta.

Flora Figueiredo.

sexta-feira, 9 de abril de 2010


No dia em que a flor de lótus desabrochou A minha mente vagava, e eu não a percebi. Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida. Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim. Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro De um perfume no vento sul. Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade. Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se. Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim Que ela era minha, e que essa perfeita doçuraTinha desabrochado no fundo do meu coração.

(Rabindranath Tagore)

terça-feira, 6 de abril de 2010

Espera
estou quase no fim do caminho me reserve para a chegada um pouco dessa tua doçura para que quando eu te beijar o gosto amargo da distância se dissolva como se nunca tivesse existido.
(Cáh Morandi)

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Separação de bens

Você fica com a razão. Eu fico com os dias ensandecidos Com o vento nos seus cabelos Com o canto final do sol No dourado da sua pele. Você fica com a verdade. Eu fico com os raios da lua Com os sussurros sem nexo Os beijos loucos, dementes Com a obsessão dos corpos. Você fica com o direito. Eu fico com as horas de gozo Com o ruído das folhas das árvores Com seus dedos tecendo anseios Na brancura do meu corpo Você fica com o que é certo. Eu fico com a incerteza Com a beleza do instante sem continuidade Com o momento perdido entre as horas Com a eternidade perdida no momento. Você fica, meu amor.
Eu sigo.

(Dalva Agne Lynch)

sábado, 3 de abril de 2010

Se tu viesse ver-me...

Nenhum dia se vai Sem que eu lembre teu nome Sem que eu te pertença infinitas vezes Sem que eu me afunde em teu amor. Cada dia é cheio dessa esperaDe que eu abra meus olhos E te encontre perto de algum céu Onde eu possa colorir teus lábios Com beijos feitos de canção Onde eu possa me prender ao teu corpo Com laços vermelhos invisíveis de paixão Sim, meu Amor nenhum dia se vaiSem esse céu que invento,Sem que eu perceba Que a única forma de te tocarÉ através das poesias Que ao entardecer te escrevo... (Càh Morandi)

domingo, 28 de março de 2010

Querido Jesus, venho aqui humildemente, lhe suplicar para que esteja atento aos nossos pedidos, esteja em seu trono de graça, nos olhando e tendo compaixão de nós, não somos merecedores, mais sabemos que o Senhor nos ama com um amor incondicional, que o Senhor morreu numa cruz, por tanto amor, deu sua vida por amor a nós, então Jesus, por este amor que sabemos que é tão grande, ouve nossos clamores, nossas súplicas, nossas dores, tristezas, angustias, problemas, situações das quais parece ser impossivel para nós, mais sabemos que é um Deus do impossível, e que não há causa neste mundo que o Senhor não possa resolver, e sabemos que o Senhor é o mesmo Deus dos nossos antepassados, daquele que atravessou o mar vermelho, daquele que enfrentou um gigante, daquele que orou e não choveu por 3 anos na terra, o Senhor não muda, e sabemos que o Senhor pode grandes coisas na nossa vida, olhe por seus e faz um milagre em nossas vidas, precisamos de ti, acalma nosso coração e nos ajude a esperar o que tem para nossa vida, sabemos que tudo que faz é para o bem daqueles que te amam.

segunda-feira, 8 de março de 2010


Minha turminha querida! Quantas alegrias e quantas tristeza dividimos...Agora ja formados, cada um para um lado...buscando a felicidade! Eu já tive a minha, quem sabe um dia eu encontre-a novamente.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Você pode estar aqui amanhã, seus sonhos talvez não. Amanhã pode chover, e você não esteja com a saúde perfeita para se molhar. Pode ser amanhã que seu melhor amigo não esteja aí pra você, e você vai estar estuporado demais pra entender que nada é pra sempre. Amanhã pode ser o dia, e você ainda esteja cego demais prás coisas e pessoas que a vida lhe traz, e você nunca tem tempo pra lhes dar valor. Pode ser que amanhã alguém precise muito de você, e você não esteja totalmente preparado para ser tudo o que esperam de você.Amanhã tudo pode acontecer.Você só não pode esperar que amanhã alguém lhe traga flores. Esperar que amanhã alguém lhe estenda a mão e lhe ajude a levantar.Amanhã pode ser tarde demais pra você declarar todo o seu amor, mostrar o quanto você se importa, fazer o que gosta, ficar com quem realmente importa.Amanhã pode ser tarde demais pra se dizer "eu te amo", "você me faz muito feliz" ou "você é tudo pra mim". Amanhã você pode não estar mais aqui, e aí vai ser tarde demais pra fazer qualquer coisa.
Bruno Prado

sábado, 16 de janeiro de 2010

Este ano que passou ficará marcado pelo sorriso da Ana Luisa que só nos trouxe alegria. Foi o ano do casamento da minha irmã. Eu e minhas duas filhas concluímos o curso superior. Bani algumas pessoas da minha vida. Mais do que isso, bani essas pessoas dos meus sentimentos. Neste ano pensei em mudar de cidade. Mas não mudei. Nem de cidade, nem de coração. Mantive-me aqui agarrei-me aos estudos . Foi um ano rico em provocações, diferenças e com direito a visita das saudades, que insistiam em viver em mim . 2009 foi um ano muitas reflexões e momentos especiais ao lado de Deus. Senti, quis e desejei. Perguntei-me vezes sem fim quanto tempo demoraria a chegar. Tive urgência da sua volta. Tive medo que não chegasse. Quis fugir. Não fugi. Continuei a sorrir para a vida, e aprendi, que por mais caos que ela me mostre, sou uma pessoa feliz, pois tenho esperança. Esperei. Eu que pouco ou nada sei esperar, dei por mim à espera e tantas vezes me diziam desista! Pelo meio precisei de um analgésico para uma doença chamada saudade. Quiseram roubar meu coração. Mas não encontraram. faz muito tempo esta com alguem especial. Tive duvidas. Temi pela minha sanidade mental. Convivi com pessoas egoístas. Também eu terei sido muitas vezes. Acomodei as histórias numa gaveta bem grande, fechei, e lutei contra a vontade constante de reabrir. Ouvi teorias sobre relações impossíveis. Li. Li muito. Eram artigos científicos....acadêmicos...etc. Vi pessoas partirem para longe entre sorrisos e lágrimas. Depois de decidir que havia pessoas que apesar de gostar muito, não as queria em mim…Abracei os meus amigos. chorei e partilhei-me com eles. Agradeci-lhes por existirem. Fui a festas especiais e ouvi a melhor música. 2009 ofereceu-me um verão inesquecível. Fui feliz. Fiz coisas que gosto, escrevi, entusiasmei-me, fui reconhecida. Seu artigo vai para a Biblioteca, disse me minha orientadora. Falei de um amor perdido. Naveguei por blogues fantásticos. Encontrei coisas que gostaria de ter sido eu a escrever, por terem tanto de mim. Rasguei folhas do passado. Dei passos gigantes…

domingo, 3 de janeiro de 2010

Humm... ser feliz não é ser ou ter uma vida perfeita é aprender com as lágrimas irrigar o solo, com a dor... lutar; com as perdas... acordar; encontrar nos obstáculos... superação; se errar o caminho... recomeçar. Devo assumir meus erros, pedir e dar o perdão. Os inimigos que não perdoamos dormem em nossa mente e perturbarão nosso sonho. Enfrentar os desertos com a certeza que encontrarei um oásis na alma. Agradecer aplausos, mas enxergar alegria no anonimato. Dar valor a um sorriso sim, mas refletir diante de uma tristeza. Me libertar das manias, eliminar tabus, sair da rotina... Fazer o que me traga lucro emocional. Tirar os gessos dos pés e dançar... dançar...